Skip to main content

Declarações de falência de empresas e pessoas em Espanha aumentam 27%

As declarações de falência de empresas e pessoas em Espanha aumentaram 27,1% em 2012, com um total de 8.726 casos registados, segundo dados publicados esta quarta-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

Os dados hoje divulgados confirmam que só no quarto trimestre se registaram 2.584 “concursos de credores” – como são conhecidos em Espanha os processos de declaração de insolvência -, o que representa mais 57% do que no trimestre anterior e mais 39,4% do que no mesmo trimestre do ano passado.

Só no quarto trimestre de 2012 declararam-se insolventes 235 pessoas físicas, mais 15,2% que em igual período de 2011, refere o INE.

Cerca de 29% das 2.349 empresas que se declararam falidas no último trimestre pertenciam ao sector da construção, cerca de 19% eram do sector do retalho e 18,7% de indústria e energia.

Os dados do INE mostram que as Pequenas e Médias Empresas estão a sentir mais do que as maiores os efeitos da crise, já que 70,2% das empresas falidas registavam um volume de negócios abaixo dos dois milhões de euros.

 

 

 

Leave a Reply